Ref. :  000002650
Date :  2002-01-31
Language :  Portuguese
Home Page / The whole website
fr / es / de / po / en

Prefeitos lançam rede de cidades


As propostas aprovadas por prefeitos e governantes regionais durante o Fórum de Autoridades Locais, encerrado ontem em Porto Alegre, serão executadas por uma nova entidade. Na Declaração de Porto Alegre, documento final do evento, foi anunciada a criação da Rede de Cidades pela Inclusão Social, vinculada à fusão entre a Federação Mundial de Cidades Unidas (FMCU) e a União Internacional de Autoridades Locais (Iula).

A primeira ação concreta da rede, acertada durante os dois dias de duração do Fórum e divulgada ontem, será um mutirão para auxiliar cidades argentinas. Buenos Aires, cujos hospitais atendem metade da população do país, vai receber medicamentos de cidades como Genebra e Barcelona.

"Perguntamos ao prefeito de Buenos Aires o que era mais necessário para a cidade, e ele respondeu que precisava de remédios. As prefeituras européias se comprometeram em fazer aportes de peso", relatou a prefeita da Capital paulista, Marta Suplicy, que também prepara um auxílio aos portenhos. O prefeito de Buenos Aires, Aníbal Ibarra, já afirmara, na véspera, ter recebido oferecimentos solidários de vários prefeitos. A Argentina vive uma grave crise econômica, e sua Capital tornou-se, desde fins do ano passado, palco de violentas manifestações populares.

A Declaração de Porto Alegre lista uma série de propostas que a Rede de Cidades pela Inclusão Social vai se esforçar para transformar em realidades. Entre elas foram incluídas a obtenção do cancelamento da dívida dos países pobres, a troca de experiências para o desenvolvimento, a defesa de manifestações pacíficas contra a globalização, a incorporação de imigrantes nas políticas de inclusão social e a participação nos processos de paz no mundo. "A rede de cidades é a base de uma nova relação política. O sucesso do fórum foi muito além das nossas expectativas, com a participação de representações dos principais países", festejou o prefeito anfitrião, Tarso Genro.

A leitura da Declaração de Porto Alegre foi feita ontem à noite, por Tarso, no Centro de Eventos do Plaza São Rafael. Minutos antes, a ex-primeira dama francesa Danielle Miterrand pediu licença para se dirigir ao público e solicitou apoio dos participantes e a iniciativa de exigir o esclarecimento dos assassinatos dos prefeitos Toninho do PT, de Campinas, e Celso Daniel, de Santo André. A exigência apareceu também na declaração final. "Estão assassinando Celso Daniel pela segunda vez. A investigação desvia a atenção da vítima e tenta transformá-la em réu", atacou Marta Suplicy.

O documento divulgado ontem também se posicionou pela redução dos gastos militares, pela reformas das instituições internacionais e pelo reconhecimento das necessidades dos países pobres. "Em Porto Alegre, aprendemos uma coisa essencial: que a elaboração de uma idéia pode vir de baixo e atingir todo o mundo. Vamos sair de Porto Alegre com a reflexão de que a construção de um novo mundo não está ligada à riqueza, mas à força das idéias", resumiu Mercedes Bresso, presidente da FMCU e presidente da Província de Turim (Itália).

Agência RBS


Rate this content
 
 
 
Average of 26 ratings 
Rating 3.04 / 4 MoyenMoyenMoyenMoyen
Same author:
 flecheSaramago, José
 flecheO encontro na ótica da imprensa
 flecheOs fóruns de Porto Alegre e Davos no divã
 flecheDavos aplaude a mensagem de Lula
 flecheLula at the World Social Forum
 flecheIntelectuais pedem mudanças em organismos mundiais
 flecheSindicatos de todo o mundo planejam central sindical única
 flecheFSM 2005 – Concert d’ouverture
 flecheFSM 2005 – Camp de la Jeunesse 1
 flecheFSM 2005 - Marche pour la Paix 1
 flecheFSM 2005 - Marche pour la Paix 2
 flecheFSM: Um outro mundo pede passagem
 flecheEvento começa nesta quarta em clima de despedida
 flecheDois lados
 flecheNoam Chomsky é uma das estrelas do FSM 2003
 flecheHugo Chávez agita o Fórum Social Mundial
 flecheMeeting
 flecheConfusão na abertura do Fórum
 flechePortas abertas a chefes de Estado
 flecheParticipação de Lula no WEF gera polêmica
 flecheOrganizadores discutem o futuro do Fórum Social Mundial
 flecheFórum de Autoridades reúne prefeitos de 25 países
 flecheAcesso universal à escola custaria US$ 11 bilhões
 fleche"Esperamos que seja a única vez que Lula vá a Davos"
 flecheTenda gigante para receber as estrelas
 flecheGrito dos Excluídos reúne milhares em todo o país
 flechePorto Alegre sedia debates sobre a cultura mundial
 flecheOs temas ocultos da Rio+10
 flecheUm Profeta em Porto Alegre
 flecheFórum Social Mundial produz "calendário de resistência"
 flecheÍndia quer ser sede do Fórum em 2004
 flecheDebate sobre Taxa Tobin chega à exaustão
 flecheChomsky abre conferências sobre a paz
 flecheAtaque a carro-forte tumultua Fórum Social Mundial
 flecheEsquivel e Karlsson falam sobre globalização
 flecheFórum Social Mundial começa hoje
 flecheGovernador abre as portas do Estado para o Fórum Social Mundial
 flecheJosé Bové desembarca em Porto Alegre
 flecheArgentina em pauta no Fórum Econômico Mundial
 flecheGoverno reforça esquema de segurança durante Fórum Mundial Social
 flecheMST confima presença de José Bové em Porto Alegre
 flecheFórum de Autoridades reúne prefeitos de 26 países
 flecheEvento discutirá os caminhos da paz
 flecheFórum Mundial reúne educadores a partir desta quarta na Capital
 flecheCúpula das Américas marca novo encontro na Argentina
 flecheReunião de cúpula da Alca começa nesta sexta
 flecheAlca excluirá países não-democráticos
 flecheManifestantes destróem lavoura transgênica
 flecheOs idiomas do neoliberalismo
 flecheMultipolaridade e monopolaridade
 flecheFórum Econômico Mundial de Davos termina com importante avanço
 flecheMarcha contra o Neoliberalismo agita Porto Alegre
 flecheComo Mediar os Conflitos e Construir a Paz?
 fleche"Não venderemos o sangue dos nossos filhos"
 fleche"Como Fortalecer a Capacidade de Ação das Sociedades e a Construção do Espaço Público"
 flecheMinistro francês propõe parceria entre Davos e Porto Alegre
 flecheEl portal por un mundo mejor
 flecheFórum Social Mundial começa com polêmica
 flecheFernando Henrique Cardoso e o Fórum Social: Não dá para quebrar máquinas
 flecheSuíços se dividem entre Davos e Porto Alegre
 flecheAs senhas do Fórum
 flecheAquí un mundo mejor ja es posible
 flecheJournal quotidien de l'Etat de Rio Grande do Sul
 flecheUm acampamento contra o tédio
 flecheFórum pela Inclusão Social
 flecheGoverno francês vai a Fórum em Porto Alegre
 flecheOs gerentes do mundo se encontram em Davos
 flecheFórum vai além da estatização
13
SEARCH
Keywords   go
in