Ref. :  000002623
Date :  2002-01-31
Language :  Portuguese
Home Page / The whole website
fr / es / de / po / en

Fórum Social Mundial começa hoje


Quase cinco meses depois de o planeta assistir estarrecido ao ataque terrorista em Nova York, 60 mil pessoas tentam encontrar nos próximos cinco dias, em Porto Alegre, um caminho para a paz mundial. Com participantes de 150 países, o 2º Fórum Social Mundial será aberto oficialmente na tarde de hoje, depois de uma marcha contra a guerra, às 19h.

Apesar de pregar a paz, o Fórum não começa com espírito desarmado. Ontem, os promotores do evento anunciaram que está barrado o ingresso o vice-presidente do Banco Mundial para Assuntos Externos, o norte-americano Mats Karlsson, e do primeiro-ministro belga, Guy Verhofstadt. "Ele defende os interesses neoliberais e é um governante de direita. Isso vai contra os princípios do evento", justificou Cândido Grybowsky, do Instituto Brasileiro de Análises Sociais e Econômicas (Ibase), sobre a restrição à presença de Verhofstadt.

O belga ficou conhecido como "Baby Thatcher", por sua simpatia às idéias da ex-primeira-ministra inglesa Margaret Thatcher e do ex-presidente norte-americano Ronald Reagan. Em relação a Karlsson, a advertência de Grybowsky revela a preocupação dos organizadores em conter possíveis atos de violência de grupos de extrema esquerda. "Aconselhamos o representante do Banco Mundial a não vir a Porto Alegre. Não teríamos condições de garantir sua segurança".

A organização Pátria Basca e Liberdade (ETA) também não obteve o visto das organizações não-governamentais (ONGs) que coordenam o encontro.

Além dos vetos, a realização de protestos marcará o primeiro dia do encontro. A Marcha Contra a Guerra e pela Paz se inicia às 16h30min, no Largo Glênio Peres, e segue até o Anfiteatro Pôr-do-Sol. Antes disso, por volta do meio-dia, o Sindicato dos Bancários de Porto Alegre realiza um ato de repúdio à Área de Livre Comércio das Américas (Alca), no Centro. Um panelaço em solidariedade à Argentina também será organizado.

No mesmo horário, servidores da Polícia Civil protestam, na Esquina Democrática, contra a política de segurança pública do Estado. O tema da segurança do Fórum foi motivo de questionamento ao governador Olívio Dutra na tarde de ontem, durante a entrevista coletiva de apresentação do Fórum na PUC. Apesar de a questão ser um dos maiores temores para o Piratini e para o prefeito Tarso Genro, Olívio desconversou ao responder a pergunta, limitando-se a dizer que o policiamento estará reforçado.

O público esperado é cerca de três vezes maior do que o registrado no ano passado. Concentrada no Centro de Eventos da PUC, a programação tomará as ruas da cidade, onde serão realizados shows, além das marchas e encontros. O Fórum voltará à Capital gaúcha em 2003. Para 2004, a proposta é levar o encontro para Jerusalém.

Fernanda Crancio e Poti Silveira Campos
Agência RBS


Rate this content
 
 
 
Average of 27 ratings 
Rating 2.22 / 4 MoyenMoyenMoyenMoyen
Same author:
 flecheSaramago, José
 flecheO encontro na ótica da imprensa
 flecheOs fóruns de Porto Alegre e Davos no divã
 flecheDavos aplaude a mensagem de Lula
 flecheLula at the World Social Forum
 flecheIntelectuais pedem mudanças em organismos mundiais
 flecheSindicatos de todo o mundo planejam central sindical única
 flecheFSM 2005 – Concert d’ouverture
 flecheFSM 2005 – Camp de la Jeunesse 1
 flecheFSM 2005 - Marche pour la Paix 1
 flecheFSM 2005 - Marche pour la Paix 2
 flecheFSM: Um outro mundo pede passagem
 flecheEvento começa nesta quarta em clima de despedida
 flecheDois lados
 flecheNoam Chomsky é uma das estrelas do FSM 2003
 flecheHugo Chávez agita o Fórum Social Mundial
 flecheMeeting
 flecheConfusão na abertura do Fórum
 flechePortas abertas a chefes de Estado
 flecheParticipação de Lula no WEF gera polêmica
 flecheOrganizadores discutem o futuro do Fórum Social Mundial
 flecheFórum de Autoridades reúne prefeitos de 25 países
 flecheAcesso universal à escola custaria US$ 11 bilhões
 fleche"Esperamos que seja a única vez que Lula vá a Davos"
 flecheTenda gigante para receber as estrelas
 flecheGrito dos Excluídos reúne milhares em todo o país
 flechePorto Alegre sedia debates sobre a cultura mundial
 flecheOs temas ocultos da Rio+10
 flecheUm Profeta em Porto Alegre
 flecheFórum Social Mundial produz "calendário de resistência"
 flecheÍndia quer ser sede do Fórum em 2004
 flecheDebate sobre Taxa Tobin chega à exaustão
 flecheChomsky abre conferências sobre a paz
 flecheAtaque a carro-forte tumultua Fórum Social Mundial
 flechePrefeitos lançam rede de cidades
 flecheEsquivel e Karlsson falam sobre globalização
 flecheGovernador abre as portas do Estado para o Fórum Social Mundial
 flecheJosé Bové desembarca em Porto Alegre
 flecheArgentina em pauta no Fórum Econômico Mundial
 flecheGoverno reforça esquema de segurança durante Fórum Mundial Social
 flecheMST confima presença de José Bové em Porto Alegre
 flecheFórum de Autoridades reúne prefeitos de 26 países
 flecheEvento discutirá os caminhos da paz
 flecheFórum Mundial reúne educadores a partir desta quarta na Capital
 flecheCúpula das Américas marca novo encontro na Argentina
 flecheReunião de cúpula da Alca começa nesta sexta
 flecheAlca excluirá países não-democráticos
 flecheManifestantes destróem lavoura transgênica
 flecheOs idiomas do neoliberalismo
 flecheMultipolaridade e monopolaridade
 flecheFórum Econômico Mundial de Davos termina com importante avanço
 flecheMarcha contra o Neoliberalismo agita Porto Alegre
 flecheComo Mediar os Conflitos e Construir a Paz?
 fleche"Não venderemos o sangue dos nossos filhos"
 fleche"Como Fortalecer a Capacidade de Ação das Sociedades e a Construção do Espaço Público"
 flecheMinistro francês propõe parceria entre Davos e Porto Alegre
 flecheEl portal por un mundo mejor
 flecheFórum Social Mundial começa com polêmica
 flecheFernando Henrique Cardoso e o Fórum Social: Não dá para quebrar máquinas
 flecheSuíços se dividem entre Davos e Porto Alegre
 flecheAs senhas do Fórum
 flecheAquí un mundo mejor ja es posible
 flecheJournal quotidien de l'Etat de Rio Grande do Sul
 flecheUm acampamento contra o tédio
 flecheFórum pela Inclusão Social
 flecheGoverno francês vai a Fórum em Porto Alegre
 flecheOs gerentes do mundo se encontram em Davos
 flecheFórum vai além da estatização
13
SEARCH
Keywords   go
in 
Translate this page Traduire par Google Translate
Share

Share on Facebook
FACEBOOK
Partager sur Twitter
TWITTER
Share on Google+Google + Share on LinkedInLinkedIn
Partager sur MessengerMessenger Partager sur BloggerBlogger
Other items
where is published this article: